Thursday, June 29, 2017    
English 
Spanish 
Skip Navigation Links
Página Principal
Minha Conta
Forum
Avalie!
Compre!
Skip Navigation Links
Sobre
Contato
Mapa do Site
Skip Navigation Links

O Database Deployment Toolkit provê um simples e eficiente editor para estruturas de bancos de dados. O editor mantém um prefil de meta-dado que pode conter um ou mais bancos de dados.

Database Deployment Toolkit Meta-Data Editor
View Larger Image
Overview

Editor de Meta-Dados
The Database Deployment Toolkit tem um editor rico e intuitivo de meta-dado. Este editor permite ao desenvolvedor ou administrador de banco de dados a estrutura de banco de dados desejada. O editor de meta-dado permite que todas as estruturas a serem criadas sem a necessidade do Enterprise Manager ou o SQL Management Studio.

Perfil e Suporte a Multi-Bancos de Dados
Em muitos casos, uma aplicação tem mais de uma banco de dados a ser usado. O Database Deployment Toolkit permite um número ilimitado de bancos de dados a existirem para um único perfil. ISto significa que todos os bancos de dados possam ser instalados e/ou atualizados em um simples pacote de desenvolvimento para um aplicativo.

Instalações Sem Limite
Um número ilimitado de SQL Servers pode ser atualizado com o mesmo pacote de meta dados. Isto é especialmente importante para qualquer desenvolvedor que precisa instalar qualquer estrutura de dados SQL Server mais do que uma vez. Qualquer desenvolvedor que instalar em um ou mais lugares ou clientes diferentes precisa desta ferramenta. Toda a frustração é retirada na instalação de bancos de dados, especialmente para aplicações comerciais.

Suporte Avançado Nativo

O Database Deployment Toolkit ja sai da caixa com muitas características avançadas que normalmente requerem vasto conhecimento e expertise de T-SQL. mas quando usamos o DDT, estas características podem ser implementadas imediatamente sem saber ou entender de um ponto de vista de um bando de dados SQL Server.

Criação automática de store procedure para INSERT, UPDATE e DELETE
View Larger Image
Criação Automática de Store Procedure

INSERT, UPDATE e DELETE stored procedures podem ser criadas automaticamente e instaladas sem escrever uma linha de código de T-SQL. Simplesmente checando uma opção e as procedures serão criadas e instaladas automaticamente. Isto permite ao desenvolvedor aumentar muito a velocidade de performance alcançada quando se usa store procedures de INSERT e UPDATE sem ter que manualmente as programar. Adicionalmente, estas procedures criadas podem ser totalmente usadas em conjunção com as configurações de nos objetos de negócios no framework de Aplicativos.

Histórico de Exclusões e Renomeações
O Database Deployment Toolkit inclui um históricode objetos apagados e renomeados. Qualquer banco de dados, tabela ou coluna pode ser renomeada e o DDT irá renomear o objeto durante a instalação da estrutura. Esta característica habilita o desenvolavedor a se libertar de ser “travado” em um elemento de nome pobre, se a tabela tiver o nome errado e for instalada, ela pode ser mudada.

Editor de Grupo de Arquivos e Arquivo de Dados
View Larger Image
Suporte a Grupos de Arquivos e Arquivos de Dados

Com o Database Deployment Toolkit existe suporte completo a grupos de arquivos e arquivos de dados. Quando uma tabela é criada, ela é associada a um grupo de arquivos. Adicionalmente, multiplos arqivos de dados podem ser especificados por grupos de arquivos. Cada arquivo de dados tem a habilidade de ser controlado pelo desenvolvedor ou administrador do banco de dados incluindo o crescimento, tamanho e atributos do arquivo. Isto é beneficial por um número de razões. Primeiro, tabelas com o mesmo banco de dados pode ser armazenada em diferentes arquivos de dados. Um exemplo do porque isto tem que ser feito inclui dados estáticos somente para leitura. Se o banco de dados irá conter tabelas que são somente mudadas durante a atualização e não podem ser editadas ou excluídas, então estas tabelas podem ser associadas com um grupo de arquivos somente de leitura. Isto aumenta a performance desde qeu estas tabelas irão operar no modo somente de leitura.

Gerenciamento de Indeces e Relacionamentos
Gerenciar os índeces e relacionamentos com o DDT é muito fácil e e suporta todas as características disponíveis no SQL Server 2000 e 2005. Isto inclui índeces clusterizados, exclusões e atualizações em cascata, fill factors, relaciomantos e mais. Uma característica muito boa do DDT é a criação automática do índice de chave primária. Uma vez que a chave primária é especificada através do editor de estruturas de tabela, quando salvo, o índice de chave primária éautomaticamente criado economizando o valioso tempo do desenvolvedor ou administrador do banco de dados.

Suporte a Stored Procedure
O Database Deployment Toolkit suporta a edição de stored procedures e instalação para aquelas horas em que o código T-SQL tem que ser escrito manualmente. Através do DDT é provida a criação automatizada de stored procedure, nós sabemos que existem horas em que desenvolvedores e administradores de bancos de dados precisam criar procedures T-SQL mais avançadas.

Suporte a Visões
O editor de visões é simples no design mas rico em características e suporte. Usando expressões regulares, todas as visões definids iraão aparecer no Database Deployment Toolkit com a coluna do campo de dados assim como a tabela que ela pertence fazendo muito facilmente de se ver a estrutura das tabelas em uma visão definida.

Suporte para Função Definida pelo Usuário
Uma ferramenta poderosa que o SQL Server oferece são as Funções Definidas pelo Usuário. Como tal, quando criamos aplicações que necessitarão de utilizar todas as ferramentas que o SQL Server possui, “funções definidas pelo usuário” podem se tornar uma obrigação. O “Database Deployment Toolkit” agora suporta completamente “funções definidas pelo usuário” como parte da implantação de “meta-dados”.

Suporte a tipos de dados do SQL Server 2005
SQL Server 2005 fez algumas excelentes melhorias em tipos de dados diferentes. Uma destas melhorias são os campos tipo MAX. O tipo de campo MAX um tamanho grande a variávelde campos que residem no mesmo arquivo físico no disco e por último irá substituir os tipos de imagens e texto. Todos os novos tipos são suportados pelo Database Deployment Toolkit. Existe ainda uma preferência para não manter desenvolvedores e administradores de bancos de dados usando a antiga tecnologia, que ja foi avisado na nova estrutura de dados porque tipos Text e Image (entre outros) será removido na próxima versão do SQL Server. the next version of SQL Server.

Table Structure Editor
View Larger Image
Editores Fáceis e Intuitivos

Todos os editores foram desenhados para velocidade e facilidade de uso. Assim como, muitos desenvolvedores e administradores de bancos de dados podem criar perfis meta dados ja prontos com pequena ou nenhuma explicação (embora exista completa documentação). O Database Deployment Toolkit provê uma solução rápida e simples para instalar e desenhar as estruturas de dados do SQL Server.






Instalação da Assembly SQL .NET
View Larger Image
Suporta .NET Assemblies e CLR Stored Procedures

Propósito das Assemblies .NET SQL
Com o advento do SQL Server 2005, assemblies .NET podem ser escritas para processar dados diretamente no servidor. Antes do 2005, o único jeito de se fazer isso era com o código T-SQL. Isto beneficia o desenvolvedor por que todo o código pode ser escrito em VB.Net ou C# e depois chamado por uma stored procedure e executado no servidor.

Instalação das .NET Assemblies
Uma vez que a assembly foi escrita existe ainda a dificuldade de instalação da assembly até o servidor e depois comunicar com a assembly. O Database Deployment Toolkit transforma isso numa tarefa sem esforço. Simplesmente selecione a assembly e ela será registrada com o servidor quando instalada. Adicionalmente, stored procedures serão automaticamente criadas para permitir que você interaja com a assembly.

Integração Total

Integração com o Framework de Aplicação
O Database Deployment Toolkit se integra totalmente com o Framework de Aplicações do StrataFrame. O DDT pode ser lançado diretamente do ambiente IDE do Visual Studio IDE. Configurações CRUD podem ser facilmente feitas diretamente na interface com a automatização para gerar stored procedures e instalação de assemblies CLR.

Integração com o Mapeador de Objetos de Negócios
Quando mapeamos estruturas de objetos de negócios usando o Mapeador de Objetos de Negócios, a estrutura ou schema pode ser trazido diretamente do perfil do Database Deployment Toolkit. Este perfil não precisa ter sido instaldo no servidor para que a estrutura seja associada.

Perfis Fantasmas para suporte a XML
Um lado benéfico de esquemas de dados "não-instalados" é a habilidade de criar perfis "fantasmas" que permitem aos objetos de negócios terem tipagem forte com a estrutura de dados mesmo que esta estrutura nunca venha a ser instalada. Este é o benefício quando criamos objetos de negócios que irão usar um arquivo XML como fonte de dados.

Importar Estruturas de dados Existentes
View Larger Image
Importar Estruturas de dados Existentes

Em muitos casos, desenvolvedores ou administradores do banco de dados precisam importar estruturas importantes. Meta-dados podem ser importados ao Database Deployment Toolkit vindos de estruturas de bancos de dados existentes para inibir a necessidade de cada coluna no banco de dados. Estruturas podem ser importadas do:
  • Microsoft SQL Server
  • Microsoft Access
  • FoxPro
  • Um arquivo pacote existente do Database Deployment Toolkit
Uma vez importado, a estrutura pode ser imediatamente modificada e instalada. A procedure importada faz mais do que importar estruturas, ela também ajuda a bancos de dados como o FoxPro a migrar suavemente para o SQL Server automaticamente convertendo para os tipos de dados apropriados do SQL. Existem tamém opções de conversão para aumentar a performance de bancos de dados e a sua funcionalidade.

Mapa do Site - Página Principal - Minha Conta - Forum - Sobre - Contato - Avalie - Compre

Microsoft, Visual Studio e o logotipo Visual Studio são marcas registradas de Microsoft Corporation nos Estados Unidos e/ou outros países.